5 itens que você precisa saber para uma gestão tributária eficiente
31 de outubro de 2019
Planejamento tributário melhora a competitividade de sua empresa
29 de novembro de 2019

Entenda os benefícios da contratação home office

Após a implantação da reforma trabalhista e as mudanças na CLT, as regras de contratação home office se tornaram mais claras. Existe uma série de benefícios para os colaboradores, mas não são apenas eles que saem ganhando. Nesse modelo de contratação, a empresa pode enxugar os custos sem perder a qualidade de seus processos. 

Para te auxiliar nessa decisão, se você estiver em dúvida, trouxemos nesse artigo, detalhes sobre o modelo de contratação home office. 

O que é o modelo de contratação home office?

A contratação home office (ou teletrabalho – como é denominada na reforma trabalhista), é conhecida por autônomos e profissionais liberais. 

A escolha do ambiente é feita pelo próprio colaborador, que pode trabalhar dentro de casa, em cafés, hotéis e qualquer lugar que desejar, desde que tenha conexão com a internet. A gestão e acompanhamento das demandas é feito de forma eletrônica, com ferramentas específicas. 

Lembrando que home office não é o mesmo que trabalho externo, no qual o colaborador realiza a assistência em campo, vende na rua ou realiza entregas, por exemplo. 

Por que o home office vem se tornando uma tendência de mercado?

A contratação home office vem se tornando uma tendência, pois algumas empresas podem ter suas necessidades melhores supridas a partir dessa modalidade. Alguns itens a serem observados são:

  • Se o trabalho pode ser realizado fora da empresa;
  • Se o profissional contratado tem perfil para assumir uma home office;
  • Quais serão os custos de implementação;
  • Se a presença do colaborador é realmente dispensável no ambiente empresarial.

Se as respostas desses itens forem positivas, é provável que a empresa tenha muito o que ganhar com essa contratação. Além de o home office motivar os colaboradores, atribuindo autonomia em suas rotinas, eliminando fatores de estresse (como o trânsito) etc.

Além disso, a empresa ainda diminui o investimento em infraestrutura no espaço empresarial, custos com água, energia elétrica, vale-transporte, entre outros. 

Quais cuidados devem ser tomados ao optar por esse modelo de contratação?

Se a empresa identificar que a contratação home office é ideal, alguns itens devem ser observados como, por exemplo:

Controle de jornada

Diferente de outros regimes de trabalho, o home office permite ao trabalhador, gerenciar sua jornada, desde que cumpra os prazos predispostos. Dessa forma, o relógio de ponto ficou no passado. 

Em contrapartida, o profissional não recebe o pagamento de horas-extras. Isso acontece porque a empresa fica impossibilitada de fiscalizar os horários de trabalho. Para otimizar o acompanhamento das métricas de produtividade, uma ferramenta de workflow é importante.

Contrato individual de trabalho

O primeiro passo de uma contratação home office é instituir o vínculo de trabalho remoto, por meio da assinatura da Carteira de Trabalho (CTPS). Nela, devem estar especificados todos os termos sobre o serviço. Além de itens como:

  • Opção por teletrabalho;
  • Declaração sobre não-pagamento das horas extras trabalhadas;
  • Detalhamento das atividades que devem ser realizadas;
  • Compensação de despesas;
  • Ciência de que os bens e valores fornecidos não integram salário.

Agora que você já sabe como garantir uma contratação home office eficiente, além de uma boa relação de trabalho, que tal contar com um escritório de contabilidade para te ajudar nos processos contábeis que envolvem essa contratação? Clique aqui e traga sua empresa para a SVA.

WhatsApp Olá, tire suas dúvidas por aqui!